sábado, 12 de julho de 2008

Vamos nos Exercitar Corretamente



Pare de cometer os erros que anulam os seus abdominais.

Sem atenção à postura e à respiração, as repetições não adiantam nada

Se você já está cansado de tanto fazer abdominais e não notar resultado nenhum, é hora de dar uma pausa e analisar como anda a execução dos seus exercícios. Muitas vezes, o aluno tem uma boa freqüência de treino. Mas, na pressa de terminar logo as séries, acaba ignorando alguns detalhes que comprometem a eficácia dos movimentos , afirma a especialista em fitness do Minha Vida, Valéria Alvim.


Mas piores mesmo são aqueles casos em que, além do resultado zero, o praticante ainda ganha dores terríveis nas costas e no pescoço. E qual a causa de tudo isso? Erros de postura na hora de realizar os movimentos. É preciso prestar atenção nos braços, nas pernas, nos pés, na posição das costas e na respiração, emenda a professora de musculação da Reebok Sports Club Vera Iglesias.
Quem está começando agora, entretanto, pode respirar aliviado. Pedimos à consultora do Minha Vida e à professora da academia Reebok que indicassem os deslizes mais comuns, cometidos por quem ainda não está acostumado com o sobe-e-desce pró-barriga tanquinho. A seguir, elas dão todas as dicas para qualquer pessoa repetir aquele abdominal mais simples (pernas flexionadas e pés no chão, com as costas completamente apoiadas num colchonete) sem nenhum dedo fora do lugar.

Respiração

O ideal é expirar quando você precisa fazer mais força, ou seja, na hora de subir o tronco (embora você faça força e mantenha uma contração leve durante todo o exercício), Desta forma você recruta mais os seus músculos abdominais Braços Eles devem ficar posicionados de modo que os cotovelos fiquem bem abertos. Assim, você não força demais a sua coluna e evita dores nas costas. Pés Eles devem ficar próximos ao quadril e afastados um do outro na largura do próprio quadril. Isso evita sobrecarga na região lombar da coluna.

Cabeça Quando for fazer os movimentos, imagine que há uma bolinha entre seu queixo e o colo. Ela impede você de dobrar o pescoço, enterrando o queixo no peito. As costas e o pescoço devem permanecer alinhados o tempo todo, evitando tensionar a musculatura da coluna cervical.

Elevação das costasIsso vai variar de acordo com o seu condicionamento. Normalmente, quem está começando não consegue uma elevação muito grande sem tirar os pés do chão ou forçar o pescoço. O que varia de uma elevação mais curta para outra, mais intensa, são os músculos trabalhados: na primeira, o foco restringe-se aos superiores. Freqüência Os abdominais devem ser trabalhados como os outros músculos. Você deve dar um descanso para a musculatura se recuperar e, dependendo do caso, até conseguir uma hipertrofia. O mais indicado é manter séries em dias alternados, repetindo ao menos três vezes por semana. No começo, nem precisa se preocupar com cargas. Depois, peça orientação ao seu treinador para o uso de pesos ou aparelhos específicos. Repetições Nem pense em imitar aquele seu amigo que repete quinze séries de mil abdominais a cada treino. Não há necessidade. Fazendo os exercícios com concentração, três séries de trinta movimentos são o bastante para sentir a musculatura enrijecer. Abdominais com bola Os abdominais com a bola são ótimos, pois você precisa se equilibrar para sustentar o movimento e isto faz você recrutar mais a sua musculatura abdominal e também de outras partes do corpo, além de fazer também um exercício isométrico.Barriga com gominhos A genética, a idade o seu histórico esportivo interferem diretamente no rendimento do seu treino. Quem faz exercícios desde criança observa resultados muito mais rápidos, por exemplo. Mas, em três meses, já é possível notar a diferença, independente do seu condicionamento inicial. Só não ache que abdominal faz perder barriga. Isso é papel dos exercícios aeróbios (como corrida, caminhada, bicicleta e natação) e de uma boa dieta. Abdominais servem para enrijecer a musculatura. Sinal de alerta Seu corpo, geralmente, avisa caso você esteja fazendo algo errado. Dores na região do pescoço e na lombar são comuns. Só não se espante caso sinta o desconforto logo no começo: nesta fase, pode ser só o reflexo do seu sedentarismo. Evite isso fazendo alongamento antes e depois de terminar suas séries.

3 comentários:

Ana Maria disse...

Oi Rui!
Adorei o seu comentário no meu blog! Obrigada por ajudar sempre!
Isso de "fechar a boca" foi o que sempre aprendi e fiz algumas vezes, inclusive duas dietas muito radicais. Claro que sempre engordava de novo. Só agora no início do ano que resolvi pesquisar, aprender e emagrecer sem sacrifício.
Excelentes as comparações do elefante e baleia!!!!!
Bom fim de semana e obrigada por tudo! =)

Andrea disse...

Oi Rui...
Obrigada pelo comentário, respondi a vc lá no outro blog elaselaeeu ( é isso?)
Realmente a Carol é especial!

Bjus.

Perder Barriga Rapido disse...

Belo artigo!! Quem sabe, sabe :)